Você sabe o que é Fluxo de Sinal?

Sempre que se pensa em áudio o primeiro assunto que temos que nos preocupar é o FLUXO DE SINAL. E o que é o fluxo de sinal? Resposta simples, é o caminho que qualquer sinal elétrico (que em nosso caso é uma representação de uma onda sonora que percorre desde sua entrada primária até a sua saída final). A onda sonora é o movimento de compressão e rarefação das moléculas do meio onde a mesma se propaga. Na maior parte das vezes este meio é o ar.


Conhecer o fluxo de sinal, nos facilita principalmente em dois tópicos, organização e praticidade.


Quando o som se transforma em áudio, ou seja, que a onda analógica (onda sonora) transforma-se em energia elétrica, todo o seu percurso deve ser conhecido em detalhes, todas as fases, possíveis divisões, e todas as transições que ocorrem devem ser entendidos para nos organizarmos e conseguirmos analisar, e poder resolver possíveis problemas em nossa cadeia de sinal. Desde o sistema mais simples até o mais sofisticado é de grande valia analisarmos e entendermos o caminho do sinal. No final das contas tudo é bem simples, apenas deve-se prestar bastante atenção na direção do sinal e no que acontece com o sinal em cada estágio, além de conhecer bem cada componente do sistema e como é sua atuação.


Um Exemplo Simples: Um guitarrista decide pegar sua guitarra, ligar em sua pedaleira e ligar esta última em seu amplificador para tocar. Simples, corriqueiro, uma representação simples da situação seria:


Fluxo do Sinal: Guitarra > Pedaleira > Amplificador

Um caminho bem simples! Mas quando falamos em FLUXO DE SINAL sempre devemos lembrar de:


1. Qual a direção em que o sinal está fluindo? (Para onde vai? De onde Vem?)


2. O que cada acontece com o sinal em cada um dos estágios (Como o meu sinal muda neste equipamento, o sinal é dividido?)


3. Conhecer bem todos os componentes do sistema (Para que afinal serve um pedal de Compressão? O que um Phaser faz com o Som? Qual a diferença entre Distorção e Overdrive? Válvula X Transistor quais as diferenças?)



Um outro exemplo, ainda simples, mas não tanto quanto imaginamos:


Fluxos de Sinal: Setas Pretas = Sinal analógico sem conversão, Setas Azuis = Sinal Digital e Setas Vermelhas = Sinal Analógico reconvertido do sinal digital


Aqui temos o Seguintes estágios: Microfone -> Interface Interface - > Computador Computador - > Interface Interface -> Monitores | Interface - > Fone Como é o caminho do sinal:


1. O sinal sonoro é captado pelo microfone e transformado em sinal elétrico (sinal analógico)


2. A interface recebe o sinal elétrico e o transforma em linguagem binária (conversão anológico -> Digital)


3. O computador recebe e lê o sinal digital. Neste ponto o sinal estará Sujeito ao roteamento digital interno de acordo com a vontade do usuário.


4. O computador devolve o sinal digital (Processado e não processado)


5. A interface recebe o sinal digital e o converte em sinal elétrico (Conversão digital - > analógico)


6. A interface envia o sinal analógico para os monitores e/ou fone


* No passo 2 o sinal pode ser dividido e uma das partes já se encaminhar para os monitores e fone diretamente.


Espero que essa explicação auxilie você na hora de montar seus equipamentos de áudio! Até a próxima!

23 visualizações

© 2020 Escola de Música Online Music At Home

CNPJ: 24.259.531/0001-61